Conheça as principais características das escolas inovadoras

Conheça as principais características das escolas inovadoras

Educação Básica
Conheça as principais características das escolas inovadoras

29/07/2022 4 min de leitura

 

Muito se fala em inovação. Mas, afinal, o que é inovar?

Inovar é, primeiramente, criar algo novo, desvencilhar-se de antigos padrões!

E quando entramos no assunto educação: o que caracteriza uma escola inovadora?

Quando falamos de uma escola inovadora, falamos de uma matriz educacional concebida dentro de uma estrutura inovadora, que vai desde o projeto dos cursos até o projeto arquitetônico.

Características de uma escola inovadora

Nos últimos anos, assuntos como metodologias ativas, educação maker, aprendizado colaborativo, entre outros, viraram pauta nos setores de educação. 

Inclusive, já existem diversas escolas com salas de aulas mais coloridas, munidas de impressoras 3D, cortadoras a laser, microscópios e outros objetos e instrumentos que fazem parte de uma educação que tem como centro a inovação.

Mas não para por aí. Uma escola inovadora não é apenas mais colorida e cheia de artefatos. É necessário que os gestores também invistam na capacitação dos professores, na estruturação das disciplinas e atividades e na composição do ensino como um todo.

Para um aprendizado mais inovador é necessário que toda a equipe técnica esteja engajada e capacitada para essa mudança de valores.

Atualmente, o padrão do sistema educacional é focar a matriz curricular no desenvolvimento de conteúdos e não no desenvolvimento de habilidades e competências dos alunos.

Ou ainda, mesmo quando já há uma atenção ao desenvolvimento de competências, muitas vezes, os moldes nos quais isso acontece são bastante ultrapassados: disciplinas, mesas enfileiradas, aulas limitadas em 50 minutos…

Leia também ++ Como se preparar para o ENEM? A Escola S te ajuda!

O que é a criatividade e por que é importante para as crianças?

A criatividade é um processo mental constituído a partir da plasticidade cerebral, ou seja, da capacidade que o cérebro tem de experimentar novas formas de fazer a mesma coisa.

Para que a criança desenvolva maior capacidade cognitiva, ela precisa ter, na escola e nos ambientes que ela mais convive, um ambiente acolhedor. 

Então, na escola, é necessário que os profissionais observem e estimulem a construção de competências socioemocionais (soft skills) como base para o desenvolvimento das capacidades técnicas. 

A criatividade se constitui a partir de conexão, persistência, resiliência, empatia, foco, entusiasmo e mais uma série de sentimentos e emoções que uma teia complexa que, quando equilibrados, levam à formação de um cidadão mais autônomo, protagonista e capaz de reconhecer em si suas emoções, adaptando-se melhor no meio em que está inserido.

O papel da escola e da família

Então, quando falamos sobre educação inovadora, falamos sobre pessoas. Desenvolvimento de pessoas, afeto, acolhimento.

A educação inovadora entende que uma escola não tem como se constituir enquanto espaço de aprendizagem sem antes pensar nas pessoas que estão ali, para que todos se sintam bem-vindos.

A escola desempenha um papel fundamental no acolhimento do estudante e é responsável por garantir um ambiente favorável para o desenvolvimento tanto das capacidades técnicas quanto das socioemocionais – também conhecidas como hard skills e soft skills.

No entanto, é importante lembrar que a família antecede todo o escopo emocional da criança/adolescente, sendo ainda mais responsável no desenvolvimento de um mindset de crescimento, encorajando aquele ser humano a se desenvolver constantemente.

Esse desenvolvimento contínuo do estudante é o background necessário para uma escola inovadora, além disso, metodologias que buscam o aprimoramento das habilidades sociais trarão melhores resultados no processo criativo. 

Metodologia STEAM: o que é?

Uma abordagem de ensino que tem emergido nos últimos anos no Brasil é a abordagem STEAM que busca integrar os conhecimentos de Ciência (S), Tecnologia (T), Engenharia (E), Artes (A) e Matemática (M), abrindo possibilidades para um processo de aprendizagem mais fluído, dinâmico e holístico.

A união de áreas traz uma conexão entre os conteúdos necessários para o desenvolvimento de habilidades técnicas como programação, ciências exatas e naturais, ética, lógica, cálculo, estética.

Entenda o que é a educação maker

A abordagem  STEAM é o ponto de partida para a educação maker, que tem como principal objetivo as atividades também conhecidas como mão na massa. 

Chamamos a atenção aqui para a importância da intencionalidade pedagógica, pois atividades mão na massa não podem ser confundidas com recreação e artesanato, não que essas não sejam importantes, muito pelo contrário, são de extrema importância quando inseridas em um contexto que busque essa finalidade. 

Entretanto, para o contexto de sala de aula e para a integralização de uma matriz curricular que busque o desenvolvimento autônomo do estudante, essas atividades devem ser planejadas com cuidado pelo docente, focando no pleno desenvolvimento da competência e da habilidade.

Em suma, de nada adianta um projeto arquitetônico diferenciado se a prática pedagógica permanece a mesma dos antigos padrões.

Escola S – Acreditamos na construção de um novo mundo

Podemos perceber que, para uma escola ser considerada inovadora, são muitos os requisitos necessários. Vai além do espaço físico, é uma cultura que precisa ser empregada e que abranja tudo que diz respeito à escola, o ensino, os colaboradores, os alunos e, principalmente, na relação construída entre todos os lados.

Para conhecer o que há de mais inovador na educação de Santa Catarina, visite o site da Escola S e entenda mais sobre esse novo modelo de educação. A proposta conta com: 

Tecnologia

Ferramentas e recursos que potencializam o aprendizado dos alunos, trazendo mais agilidade, segurança e facilidade.

Cuidado socioemocional

O desenvolvimento de competências e habilidades socioemocionais necessárias para o futuro profissional e para o dia a dia dos alunos.

Programa bilíngue

Aulas ministradas em inglês, com foco na conversação para o desenvolvimento das habilidades linguísticas, sem custo adicional para o aluno.

Espaço STEAM

Espaços com equipamentos e infraestrutura completa para o desenvolvimento de projetos “mão na massa” que estimulam a criatividade.

Contraturno maker

Oficinas baseadas na metodologia maker, onde os alunos colocam o aprendizado em prática e dão vida à imaginação.

Hábitos saudáveis

Atividades interdisciplinares que estimulam o despertar da consciência para os cuidados com a saúde e com o meio ambiente.

Tradição SESI SENAI

A união da educação SESI SENAI – e sua qualidade amplamente reconhecida – com um novo modelo de educação.