O que faz um Cientista de Dados?

O que faz um Cientista de Dados?

Pós-graduação
O que faz um Cientista de Dados?

08/09/2021 3 min de leitura

Um Cientista de Dados trabalha com uma grande quantidade de dados de diferentes tipos, como textos, imagens, vídeos, etc. Assim, as principais funções do cientista de dados são coletar, gerenciar e transformar dados em modelos utilizáveis para retirar apenas as informações relevantes. Ao passo que com essa interpretação é possível fazer a comunicação entre os dados, a qual produz conteúdo de valor para novos produtos.

Nesse processo, o profissional dessa nova função faz a junção de Big Data, um grande conjunto de dados que necessita para a sua compreensão, recursos de Inteligência Artificial (IA) e Business Intelligence (BI) para a aplicação estratégica dos conteúdos coletados e filtrados, além de habilidades com programação, estatística e análise de texto.

A interpretação dos dados é utilizada na produção e correção de estratégias de empresas e organizações tanto nas áreas Administrativas, Econômicas e de Marketing, entre outras, para atingir e guiar decisões para os mais acertados resultados.

 

Como se tornar um Cientista de dados?

A Ciência de dados, Data Science, consiste na limpeza, preparação e análise de dados para ter insights para corrigir e desenvolver soluções, uma necessidade latente das empresas pela rápida concorrência e grande demanda de informações a serem processadas para tomadas de decisões estratégicas.

Bem como, as habilidades para se tornar um profissional dessa área definem-se pelas funções envolvidas na montagem de um sistema de ciência de dados como construção de algoritmos, estruturação de dados, instalação de equipamentos de coleta de dados, análise e estatística, desenvolvimento de sistemas e construção de painéis de controle.

Além disso, as equipes de trabalho são formadas em interdisciplinaridade, sendo compostas por estatísticos, matemáticos, os cientistas de dados propriamente e programadores frontend e backend. Todos atuando em conjunto para diminuir a latência entre informações captadas do mundo real e seus impactos nos sistemas.

O profissional utiliza meios como computação em nuvem, gerenciamento de informações massivas utilizando softwares como o Apache Hadoop;  no BI e também na IA onde inferências estatísticas e conhecimentos em linguagens como Python e SQL são pertinentes.

Desta forma, a área de trabalho de ciência de dados, mesmo sendo nova, é uma demanda em alta para inúmeros setores e profissionais graduados em Administração, Ciências da Computação, Engenharia da Computação e Sistemas da Informação ou mesmo técnicos podem se atualizar nela através de uma pós-graduação em cientista de dados.

 

Outras funções na área de Ciência de Dados

Nesse sentido, cientista de dados com suas expertises e que engloba várias funções, inclusive as listadas abaixo, da Ciências de Dados, existem outras profissões nessa área, como:

  • Engenharia de dados, que extrai os dados, transforma e organiza em pacotes para uma leitura mais tipificada;
  • Engenharia de Machine Learning: torna modelos escaláveis para funcionamento em outras máquinas em sua total funcionalidade, através de arquitetura de dados para otimizar os algoritmos; 
  • Analista de dados: cria relatórios com a transcrição dos dados para os tomadores de decisão das empresas.

Portanto, na hora de escolher um curso de pós-graduação em cientista de dados para ser esse profissional altamente requisitado, fique atento! Conte com uma instituição de ensino renomada, com nível de excelência no MEC e docentes que possuem experiência no mercado.  Tudo isso você encontra no SENAI!

 

banner com hiperlink: logotipo pós Faculdade Senai Florianópolis á esquerda, fundo verde nome curso e mulher digitando no canto direito

 

Enfim, gostou desse texto? Deixe seu comentário, dúvidas ou sugestões abaixo! Aproveite para compartilhar com outras pessoas que também possam ter interesse. Para mais conteúdos, acesse o nosso blog. Até a próxima! 😉