Compartilhe Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Linkedin
Novo Ensino Médio: entenda a reforma e como ela funciona na Escola S

Novo Ensino Médio: entenda a reforma e como ela funciona na Escola S

Ensino Médio
Novo Ensino Médio: entenda a reforma e como ela funciona na Escola S

3 meses atrás 4 min de leitura

O novo Ensino Médio vem para atender as exigências de um mundo cada vez mais dinâmico e complexo, onde profissões novas surgem a todo momento. Em essência, a reforma visa diminuir os índices de evasão e as baixas taxas de aprendizado dos estudantes. Segundo dados divulgados pelo Ministério da Educação (MEC), 41% dos jovens abandonam a escola antes de se formar, e apenas 6 em cada 10 brasileiros de até 19 anos concluem o Ensino Médio na faixa etária esperada. 

Tendo em vista esse cenário, a implementação de um novo Ensino Médio busca transpassar esses desafios e conectar-se aos anseios da juventude e ao mercado de trabalho. Para entender mais sobre como essa nova dinâmica funcionará, acompanhe a matéria a seguir.

O que é o novo Ensino Médio

O novo Ensino Médio é uma reforma na estrutura de ensino brasileira aprovada pela Lei nº 13.415/2017. Em síntese, ela define a flexibilização da grade curricular e abre possibilidades para diferentes escolhas dos estudantes em sua vida acadêmica.

Seu principal objetivo foi facilitar a adequação da educação básica brasileira às necessidades da atualidade, que pede competências e habilidades sociais, pessoais e tecnológicas para além da escola tradicional e padronizada. O ajustamento das escolas deve ser feito até 2022 – mas instituições como o SESI SENAI, ao utilizar metodologias que colocam os alunos no centro do processo de aprendizagem, já colocam o piloto da nova estrutura em prática, em algumas escolas de Santa Catarina, desde 2019.

O que muda com o novo Ensino Médio

A principal mudança do novo Ensino Médio proposto pelo Ministério da Educação aconteceu na Base Nacional Comum Curricular (BNCC), o documento que direciona os aprendizados fundamentais da educação básica. Com a reformulação, o governo pretendeu flexibilizar o currículo, organizando o Ensino Médio em 4 áreas do conhecimento

  • Linguagens e suas Tecnologias
  • Matemática e suas Tecnologias
  • Ciências da Natureza e suas Tecnologias
  • E Ciências Humanas e Sociais Aplicadas

Nessa estrutura, português, matemática e inglês são disciplinas obrigatórias nos três anos, e o restante é distribuído de forma flexível (mas também obrigatórias), de maneira a utilizar novos formatos de aula e conectar conhecimentos e professores de diferentes áreas.

É importante ressaltar que a BNCC estimula as escolas a elaborarem seus currículos de forma a integrar os componentes de uma mesma área, como já acontece no ENEM, por exemplo. Além disso, o Eixo V, Itinerário de Formação Técnica e Profissional, ganha a mesma relevância que as demais áreas. Entenda mais a seguir.

Itinerários formativos

A flexibilização da grade curricular demonstrada acima tem a intenção de proporcionar ao estudante mais escolhas em sua vida escolar. A partir do novo Ensino Médio, é o aluno quem decide em qual área do conhecimento deseja se aprofundar por meio dos itinerários formativos, firmando seu protagonismo estudantil.

A organização dos itinerários pode ser por área do conhecimento ou formação técnica e profissional, e ainda há a opção dos estudantes cursarem um ou mais itinerários formativos de forma concomitante ou sequencial.

Na Rede SESI SENAI, agora Escola S, os alunos têm autonomia para escolher as áreas em que tenham mais afinidade e definir seus planos de estudo pessoais. Um exemplo de itinerário por aqui é o STEAM, que se aprofunda em temas e áreas de Ciências, Tecnologia, Engenharia, Arte e Matemática.

Ensino Técnico: formação profissional no Ensino Médio regular

O novo Ensino Médio vem com uma proposta mais voltada ao mercado de trabalho, onde a formação técnica e profissional passa a fazer parte do Ensino Médio regular. Dessa forma, mesmo os estudantes que não escolhem cursar uma escola técnica no início da etapa podem compor a carga horária destinada aos itinerários, com cursos técnicos ou cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC). Nesse cenário, existem algumas possibilidades e, aqui na Escola S, trabalhamos com as seguintes:

1. Ensino Médio Integrado, articulando os conhecimentos da formação geral básica com a formação técnica e profissional do SENAI;

2. Ou formação geral básica na Escola S e formação técnica e profissional concomitante em outra instituição parceira.

Em nossas redes, é o aluno quem constrói o seu plano pessoal de estudos, junto à orientação de nossos docentes, e, com isso, traça o tipo de formação que deseja, conforme seus interesses. Esse modelo rompe com a metodologia conteudista e faz os estudantes aprenderem a aprender, em vez de simplesmente memorizar. Por meio de reflexões, debate, projetos e oficinas práticas, eles desenvolvem habilidades e competências para a vida e para o mundo do trabalho. 

Carga Horária

Outra mudança significativa trazida pelo novo Ensino Médio é a carga horária das escolas. Com a reforma, as escolas passam de 2.400 horas para pelo menos 3.000 horas totais, onde 1.800 horas são destinadas à formação geral básica, com os conhecimentos previstos na BNCC. O restante da jornada é destinado para os itinerários formativos. 

O novo Ensino Médio na rede SESI SENAI, agora Escola S

Na Escola S, o novo Ensino Médio já está estruturado e, além dos itinerários formativos e expertise do SENAI em cursos técnicos, conta também com o apoio de uma plataforma de ensino híbrido, o Geekie One. 

Além de trazer materiais didáticos que permitem a flexibilização do currículo e uma proposta mais interdisciplinar, o Geekie One trabalha com metodologias ativas, dinamismo e uma linguagem que potencializa o desenvolvimento integral necessário para o atual mundo do trabalho. Combinando a tecnologia às práticas pedagógicas, a plataforma proporciona um aprendizado e planejamento mais leve, prático e organizado. 

Ficou curioso(a) para conhecer o Ensino Médio da Escola S? Clique aqui e acesse nosso site!