Bacharelado ou Tecnólogo em Engenharia de Automação? Que tipo de formação escolher?

Bacharelado ou Tecnólogo em Engenharia de Automação? Que tipo de formação escolher?

Graduação
Bacharelado ou Tecnólogo em Engenharia de Automação? Que tipo de formação escolher?

27/08/2021 4 min de leitura

Desde 2018, a população com Ensino Superior no mercado de trabalho vem aumentando. De acordo com informações do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), são mais de 19 milhões de trabalhadores com Ensino Superior completo ocupando vagas nas empresas. 

Nesse sentido, a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua), coletada e divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) ainda demonstrou que o número de trabalhadores sem nenhuma instrução ou com grau de instrução incompleto recuou e que trabalhadores com Ensino Superior completo ultrapassam 50% na força de trabalho das empresas

Sabendo da importância destes números, a população brasileira vem buscando cada vez mais instrução e um diploma de curso superior. Como já foi abordado aqui no blog, no Brasil, existem 3 tipos diferentes de graduação. Nesta publicação, você vai entender um pouco mais sobre  duas modalidades: bacharelado e tecnólogo. Falaremos de modo geral sobre as duas modalidades, bem como sobre as principais diferenças e semelhanças encontradas nos cursos relacionados à Engenharia de Automação. Vamos lá?

Bacharelado e tecnólogo: principais diferenças e semelhanças

Ambas as modalidades estão disponíveis de forma presencial e a distância, são reconhecidas pelo MEC e podem ser cursadas em Faculdades, Universidades, Institutos Superiores de Tecnologia e Centros Universitários. Além disso, também possibilitam o ingresso em uma Pós-Graduação.  As principais diferenças entre o bacharelado e o tecnólogo são o tempo de duração e o foco profissional.

O bacharelado tem o tempo de duração médio de 4 a 5 anos e possui maior foco no conhecimento teórico, ampla visão da área profissional e disciplinas que permitem exercer diversas funções dentro da área escolhida. Como resultado, não é preciso definir de imediato um departamento específico ou qual especialização deseja fazer na sequência.

Em síntese, é uma boa opção para quem tem mais tempo para decidir qual departamento quer trabalhar e qual área de conhecimento gostaria de seguir, além de oferecer uma boa base sólida para construção de carreira.

Algumas profissões que exigem diploma de bacharel

– Engenheiro;

– Médico;

– Advogado;

– Administrador público.

Do contrário, o tecnólogo ou curso superior de tecnologia (CST), foca nas necessidades do mercado de trabalho. É um tipo de formação específica para quem tem ideia de qual área ou departamento profissional deseja seguir e tem menos tempo. 

Essa modalidade de  formação superior é ideal para entrar ou seguir no mercado de trabalho e também é indicada para quem já trabalha em um cargo de nível médio e pretende fazer um curso superior para então, assumir novas responsabilidades e conquistar um aumento de salário. 

O tecnólogo tem duração média de 2 a 3 anos e, nele, você irá encontrar cursos mais específicos, com maior desdobramento de áreas e conteúdo. 

Cursos superiores de tecnologia relacionados à engenharia

– Tecnólogo em Automação Industrial;

– Curso Superior de Tecnologia em Mecatrônica Industrial;

– Tecnólogo em Engenharia de Controle e Automação.

Como resultado, os cursos superiores de tecnologia são cada vez mais procurados e, segundo pesquisa da FGV, mais de 90% dos tecnólogos estão empregados e mais de 80% trabalham na sua área de formação.

Ainda assim, existem diferenças e particularidades maiores quando falamos sobre cursos de engenharia.

Engenharia de Automação: quais são as áreas de atuação? 

Bacharelado

O Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (CONFEA) e suas esferas estaduais (CREAs), definem e limitam algumas funções para cada tipo de modalidade de formação.

Um bacharel em Engenharia de Automação Industrial, em suma, tem a função de desenvolver e criar projetos a partir de necessidades definidas, conceitos, experiências, conhecimento científico e tecnologias disponíveis.

Tecnólogo

Por outro lado, o Tecnólogo implementa, adapta e mantém o funcionamento deste projeto ou produto final.

Da mesma forma que o bacharel, este pode realizar desenhos técnicos, selecionar fornecedores e funcionários, além de realizar a supervisão e fiscalização da manutenção industrial, porém não tem autorização para realizar a assinatura de projetos.

Onde os profissionais da engenharia de automação podem trabalhar?

Tanto o bacharel quanto o tecnólogo em Engenharia de Automação podem trabalhar em: 

– Indústrias que utilizam processos automatizados;

– Centros de pesquisa; 

– Empresas de automação industrial;

– Empresas de desenvolvimento de projetos;

– Assistências técnicas.

Quais são as principais atividades que os profissionais da engenharia de automação podem realizar?

– Proporcionar a melhoria dos sistemas de produção com aplicação de tecnologias;

– Operar estes sistemas;

– Desenvolver componentes e equipamentos;

– Acompanhar o desempenho destes equipamentos;

– Supervisionar a manutenção industrial;

– Prestar consultoria.

Engenharia de Controle e Automação, Mecatrônica Industrial e Automação Industrial: onde cursar?

Além da graduação, existem cursos de pós-graduação que complementam a formação e contribuem no desenvolvimento de novas habilidades e competências desejadas e valorizadas pelas empresas.

Na Faculdade SENAI, você pode escolher sua formação e participar como protagonista do seu próprio aprendizado. Três mantras regem os cursos de Engenharia oferecidos: 

– Mão na massa; 

– Aprendizagem baseada em projetos; 

Projects all the time.

O foco da Faculdade SENAI é desenvolver projetos na prática, ao mesmo tempo levando em conta as necessidades da comunidade e indústria local. É o estudante que pesquisa e desenvolve suas ideias com o apoio de professores especialistas que agem como facilitadores nesse processo. 

Venha aprender com quem mais entende da indústria!

Com o mecanismo de projetos integradores, o aluno cresce como profissional, mesmo dentro da faculdade. A Faculdade SENAI forma Engenheiros para a vida.

Nos cursos de Engenharia de Controle e Automação, Mecatrônica Industrial e Automação Industrial, o aluno conta com infraestrutura de ponta e laboratórios avançados.

Dessa forma, as aulas de robótica, acionamento eletromagnético, sistemas supervisórios, instalações elétricas, entre outras, são realizadas com equipamentos e sistemas totalmente inovadores. Todas as aulas no estilo #HandsOnNaVeia.

Quer se preparar para o mercado de trabalho e aprender com quem mais entende de indústria? Conheça os cursos de graduação e pós-graduação da Faculdade SENAI.