Compartilhe Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Linkedin
Por que você precisa conhecer a indústria 4.0?

Por que você precisa conhecer a indústria 4.0?

Cursos Técnicos
Por que você precisa conhecer a indústria 4.0?

1 mês atrás 4 min de leitura

Por que você precisa conhecer a indústria 4.0? 

 

O modo de vida das pessoas vem sofrendo grandes impactos e, devido ao avanço da tecnologia, nos próximos anos, a indústria 4.0 será uma realidade tanto no Brasil quanto no mundo. E se a tecnologia já proporciona inúmeros benefícios visíveis em nosso cotidiano, podemos dizer que para a indústria este desenvolvimento é ainda mais positivo.

Algumas evoluções que já podem ser notadas no dia a dia das empresas, por exemplo: Big Data, Impressão 3D, Inteligência Artificial, entre outras. 

Do mesmo modo, todo esse ecossistema faz parte da caracterização da indústria 4.0. E ela vem trazendo consigo mudanças, vantagens e muitos desafios para o mercado que precisou se adaptar a uma pandemia e a novos métodos de trabalho. Contudo, você deve estar se perguntando: o que, de fato, a indústria 4.0 significa?

Neste texto, iremos abordar o conceito, as mudanças, as principais vantagens e muito mais sobre esse tema. Vale a pena conferir! 

O que é a indústria 4.0? 

Antes de tudo, é importante saber que a indústria 4.0 é um termo muito complexo. Ele caracteriza a automação industrial e a integração de diferentes tecnologias como:

– Inteligência artificial; 

– Robótica;

– Internet das coisas

– E computação em nuvem. 

Tudo isso com o objetivo de promover a digitalização das atividades industriais, melhorando os processos e aumentando a produtividade. Em outras palavras, trata-se de um novo paradigma de produção automatizada no desenvolvimento das empresas.

Indústria 4.0: contexto histórico

Primeiramente, diante das infinitas possibilidades que se abrem por meio desse conceito todos os dias, você precisa entender um pouco mais sobre a quarta revolução industrial.

O termo originou-se em 2011, pela primeira vez, na Alemanha, na feira de Hannover, a mais importante feira industrial do país. Assim, o conceito foi utilizado para representar uma proposta política baseada em alta tecnologia. Para isso, foram utilizadas como exemplos, empresas multinacionais que possuíam o modelo de altas práticas de produção. 

Agora, vamos relembrar: a primeira revolução industrial esteve associada à mecanização da indústria. Já a segunda, esteve atrelada à produção em massa. E a terceira, é o momento em que estamos vivendo, com a introdução dos sistemas de gestão.  E é a partir desse contexto apresentado que podemos falar sobre a quarta revolução.

5 vantagens da indústria 4.0

#1 Aumento da produtividade

Um dos principais benefícios encontrados com a implantação da indústria 4.0 pode ser encontrado no uso das tecnologias digitais como internet das coisas(IoT), sensores, computação em nuvem e muito mais. Esses proporcionaram para a indústria um aumento de 22%, em média, da capacidade produtiva de micro, pequenas e médias empresas nos mais diversos segmentos. Os setores de calçados, moveleiro, vestuário, metalmecânica, alimentos e bebidas são apenas alguns exemplos. Na prática, esse benefício diz respeito de produzir mais, utilizando menos recursos.

#2 Ganho em eficiência

O desenvolvimento e a unificação de dados, além do processo de organização com velocidade são imprescindíveis na rotina de uma empresa, aumentando sua competitividade e produtividade. Isso vai de encontro a realidade de alguns anos atrás, quando a internet das coisas ainda era algo presente apenas no imaginário das pessoas, por exemplo. 

#3 Redução dos custos de produção

Com as decisões sendo tomadas com base em um conjunto de informações desenvolvidas por softwares, inteligência artificial e Big Data, o resultado torna-se mais valioso para a indústria. Afinal, como consequência ocorre uma diminuição de gastos desnecessários.

#4 Continuidade dos negócios na manufatura avançada

Qualificada pelo benefício tecnológico não tradicional para melhoria em sistemas de produção, as novas tendências trazem mais agilidade para os processos das unidades industriais. Alguns exemplos disso podem ser vistos no desenvolvimento de produtos, máquinas e sistemas mecatrônicos, produção inteligente e muito mais.

#5 Operações integradas

A possibilidade de acompanhar a produção em tempo real torna os processos mais dinâmicos e seguros, além de melhorar a produtividade. Por exemplo, hoje é possível acompanhar um grande projeto de maneira remota com a mesma eficiência.

A indústria 4.0 na prática 

Essa é uma tendência muito forte, com uma cultura ágil da necessidade por resultados com o mínimo de riscos, ganho de velocidade na troca de dados, flexibilidade, chance de utilização de recursos de processamento e o crescimento da capacidade de armazenamento. Essas são as principais razões que, de certa forma, contribuem para a obtenção de mais resultados e o crescimento de negócios do setor industrial.

Outro fato importante é a capacitação dos profissionais para esse mercado. É importante provocar reflexões aos alunos que estão entrando no mercado de trabalho, pois tais mudanças fazem com que as profissões do futuro estejam altamente relacionadas à  realidade da quarta revolução industrial. Por isso, a qualificação  e o conhecimento precisam ser atualizados, a fim de manter esses profissionais preparados e competitivos opara essa nova realidade da indústria.

Para contextualizar, podemos apresentar um de nossos cases desenvolvidos em parceria com a indústria:

Realizados no Instituto SENAI de Inovação Santa Catarina, um desses projetos é o VCub1, um programa de tecnologia espacial composto por sistemas satelitais para satélites de órbita baixa. 

A solução propõe uma integração completa do nanosatélite – desde o computador de bordo até a estação de controle e rastreio de satélites. Para isso, o VCub1 passou por testes ambientais do nanosatélite integrado, além de testes de validação do software de controle e altitude e do software de rádio. 

Todas as estações de controle e rastreio de satélites, bem como as plataformas de coleta de dados, foram criadas, testadas e validadas pelo SENAI. Além disso, ele possui uma câmera espacial desenvolvida no Brasil e que será usada principalmente para monitoramento ambiental, como registros de desmatamento e apoio a atividades do setor agrícola.

Conheça o Instituto SENAI de Inovação Santa Catarina 

Atuamos em parceria com as empresas para criar soluções que envolvem o desenvolvimento de softwares, hardwares e ciência de dados (como Inteligência Artificial), gerando novos produtos que abrangem Transformação Digital, IoT (Internet das Coisas), Indústria 4.0, além de máquinas e equipamentos inteligentes. Com profissionais qualificados e alta tecnologia, o Instituto oferece pesquisas aplicadas de ponta para a indústria.

Saiba mais sobre nossos projetos e conheça o nosso ecossistema! Somos referência na pesquisa e no desenvolvimento a partir da inovação. 

mãos dadas entre humanos e robôs

Está convencido de que a Indústria 4.0 é um caminho sem volta e para melhor? Como o seu negócio está caminhando para essa nova realidade? Compartilhe o conteúdo e conte para nós! 

Até a próxima.