Site icon Blog SESI SENAI

O que é trabalho remoto e quais áreas estão adotando a modalidade

trabalho remoto

trabalho remoto

 

O universo corporativo está em transformação e nos últimos anos houve um crescimento expressivo do trabalho remoto. Empresas de diferentes segmentos passaram a flexibilizar os modelos de trabalho e a oferecer oportunidades que não exigem que o colaborador desempenhe suas funções de forma presencial. 

Um dos fatores responsáveis por acelerar essa tendência mundial, foi a pandemia da Covid-19. O isolamento social fez com que as empresas precisassem se adaptar e a modalidade foi uma alternativa que permitiu a continuidade de muitos negócios. De acordo com os dados da Organização Internacional do Trabalho, antes da pandemia o número de pessoas na América Latina e no Caribe que trabalhavam nesse modelo era inferior a 3%. Após a Covid, a taxa está entre 20% e 30%. 

Com isso, o que antes era uma exclusividade de poucas funções e que vinha sendo implementado de forma gradativa se tornou cada vez mais comum. A comodidade de trabalhar de onde quiser, a possibilidade de ficar mais perto da família e a economia de tempo com deslocamento atrai muitas pessoas. Se você quer descobrir em quais áreas é possível atuar de forma remota, continue a leitura. 

Neste conteúdo, vamos esclarecer como a modalidade funciona, quais as principais áreas que aderiram ao novo regime de trabalho e como dar os primeiros passos para conquistar uma vaga remota!  

Leia também ++ Descubra como se tornar desenvolvedor e entrar no mercado da programação

O que é trabalho remoto? 

O trabalho remoto pode ser definido como todo o trabalho a distância. A modalidade  permite que os funcionários realizem suas atividades em um local que não o escritório fornecido pela empresa. Os colaboradores podem exercer as suas funções em casa, em cafés, em escritórios compartilhados como os coworkings, em escritórios particulares e em qualquer outro local, independentemente da localidade. Nesse caso, o colaborador só precisa de um notebook e um celular com acesso à internet para executar as suas tarefas.

Qual a diferença entre trabalho remoto e home office? 

Embora ambos os modelos sejam muito semelhantes, no home office que significa escritório em casa o colaborador tem uma estrutura para realizar as atividades da sua casa. Vale ressaltar que nem todas as empresas que aderem ao home office restringem que o colaborador trabalhe apenas da sua casa. Entretanto, é comum que algumas empresas optem pelo formato híbrido, intercalando dias de home office e idas presenciais, ou eventualmente, solicitem a presença do colaborador. 

Ao considerar as particularidades de cada regime, fica evidente que todo o trabalho home office é realizado de forma remota, entretanto a principal diferença é que ao trabalhar de forma remota o colaborador realiza as suas atividades literalmente de qualquer lugar. 

E quais as vantagens do trabalho remoto? 

Muitas pessoas buscam o trabalho remoto devido à qualidade de vida que a modalidade proporciona em comparação aos modelos tradicionais. Para os colaboradores, a redução de custos e de tempo com o deslocamento são grandes benefícios. 

Enquanto no trabalho presencial gastamos um período significativo do dia com locomoção, ao trabalhar de forma remota é possível dedicar parte desse tempo para outras atividades. De forma geral, a flexibilidade de horário, o aumento de energia para se dedicar a outras atividades e a economia de tempo atraem diferentes perfis profissionais. 

Outro ponto relevante é que é possível adotar uma rotina de acordo com as suas necessidades, sem abrir mão de hábitos que você considera essenciais e que não seriam possíveis em função do tempo gasto com o trabalho. 

Mas mesmo com toda a flexibilidade que o regime oferece, engana-se quem pensa que na modalidade não há controle das horas trabalhadas, por exemplo. Muitas empresas mantêm uso do ponto eletrônico e gerenciam as atividades dos colaboradores por meio de softwares online. Além disso, as metas, as tarefas diárias e a produtividade dos colaboradores são indicadores analisados pelos gestores das empresas.

Leia também ++ Entenda o que é transformação digital e quais os impactos nas empresas

Quais áreas adotaram o trabalho remoto? 

Embora o trabalho remoto seja o desejo de muitos profissionais, algumas carreiras são mais propensas a adotarem o modelo. Por meio da tecnologia e de ferramentas digitais as equipes se comunicam por vídeo chamada e organizam suas rotinas de trabalho sem que a presencialidade seja um fator essencial para o cumprimento das demandas. 

Conheça as principais áreas que você pode atuar de forma remota: 

Ao fazer uma busca rápida por oportunidades de trabalho remoto, provavelmente você vai encontrar muitas vagas no setor de TI. Sem dúvidas, essa foi a área que deu os primeiros passos na adesão do regime, antes mesmo do isolamento social. Isso porque basicamente todas as atividades envolvem ferramentas digitais e computacionais que não exigem o contato presencial. 

Desenvolvedor, programador, arquiteto de dados, web designer, analista de sistemas, gerente de projetos e analista de suporte são algumas das profissões que atuam nesse modelo. Reuniões de alinhamento diárias e softwares de gestão de projeto são elementos que fazem parte da rotina desses profissionais. 

Leia também ++ 7 dicas para ingressar no mercado de trabalho e progredir na carreira

Tanto a área da comunicação, como a área de marketing demonstraram uma grande adesão ao trabalho remoto nos últimos anos. As áreas que são complementares, possuem profissionais em comum. É o caso dos redatores e designers gráficos que podem atuar em empresas com foco em marketing ou em setores de comunicação de forma 100% remota. 

Gestor de tráfego, gestor de redes sociais, analista de marketing digital, jornalista e editor de vídeo são algumas outras profissões que fazem parte de ambas as áreas e que conseguem entregar as suas demandas de forma digital. 

Você quer conhecer mais sobre marketing e comunicação? Confira o nosso curso rápido de Marketing Digital. 

O mesmo se aplica para a área comercial que é essencial para o sucesso dos negócios. Com a digitalização de muitas empresas, é comum observar setores comerciais que atuam de forma remota e realizam todas as funções de pré-venda, venda e pós-venda de forma online. 

Inteligência comercial, consultor de vendas, representante de desenvolvimento de vendas (SDR), executivo de vendas e analista de sucesso do cliente são algumas profissões que trabalham de forma remota. 

Domine a área comercial com o curso rápido de Vendas de Alta Performance.

Por fim, a área de gestão está cada vez mais digital e conectada. Softwares e ferramentas facilitam o dia a dia dos profissionais da área e permitem que suas funções sejam exercidas de forma remota. Analistas de recrutamento e seleção, contadores, consultores comerciais e analistas de recursos humanos são algumas das profissões que atuam de forma remota na área. 

Você tem interesse pela área? Conheça alguns cursos rápidos de Gestão

E como trabalhar de forma remota? 

O primeiro passo para receber o esperado “sim” ao se candidatar para uma vaga de trabalho remoto, é investir em qualificação profissional. Como observamos anteriormente, a modalidade oferece muitos benefícios, o que aumenta ainda mais a disputa pelas vagas. 

Estar por dentro das novas tecnologias e desenvolver outras habilidades como uma boa comunicação, autogestão, organização e colaboração também irá contribuir com a sua desenvoltura no mercado de trabalho. 

No SENAI, você encontra cursos técnicos, cursos rápidos e graduações que irão te ajudar a conquistar uma vaga de trabalho remoto! Se você ainda não sabe por onde começar, confira três cursos rápidos que serão essenciais para o seu sucesso profissional em qualquer área:

Curso rápido de Gestão de Projetos

Conhecer as técnicas e as ferramentas de Gestão de Projetos é um diferencial para os profissionais que desejam trabalhar de forma remota. Com este curso, você vai aprender a gerenciar projetos, as diferentes etapas de um projeto e como utilizar os métodos de Gestão de Projetos.

Cursos rápidos de Excel: do básico ao dashboard 

Não é novidade que dominar o Excel é um ponto positivo em diversas áreas de atuação. Cada vez mais as empresas investem na análise de dados para tomar decisões e a ferramenta se tornou indispensável para analisar um grande volume de informações. Com estes cursos, você vai aprender a usar o excel do básico ao avançado e a construir dashboards de acompanhamento dos dados. 

Curso rápido de Design de UX

Por fim, a experiência do usuário é um tema em alta no mundo dos negócios e uma oportunidade para quem deseja vagas na área da tecnologia ou de marketing. Com este curso, você vai aprender o que é experiência do usuário, quais os conceitos, as ferramentas, as aplicações e as oportunidades para o  desenvolvimento de soluções que gerem mais valor ao cliente.

Gostou das dicas? Não deixe de acompanhar o nosso blog para ficar por dentro de tudo sobre mercado de trabalho e qualificação profissional!  

Exit mobile version